mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Mais que Cuidar

Ortopedia Universo Senior
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal

Contacte-nos
sembarreiras

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Contacte-nos

Autor Tópico: 600 mil portugueses sofrem de incontinência urinária  (Lida 473 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline pantanal

600 mil portugueses sofrem de incontinência urinária



no dia 14 de Março de 2016

O Dia Mundial da Incontinência Urinária, que se assinala a 14 de março, foi a data escolhida pela TENA, marca da SCA (empresa líder em produtos de higiene), para lançar em Portugal a segunda edição do projeto “Paixão de Cuidar - Gestos que Mudam o Mundo”. A iniciativa procura valorizar e destacar a importância da figura dos cuidadores que acompanham a população sénior institucionalizada em lares e residências de todo o país. A incontinência urinária é, justamente, um problema de saúde comum nas faixas etárias mais elevadas: 33% das mulheres e 16% dos homens, com mais de 40 anos, têm sintomas de incontinência urinária. Estima-se que existam cerca de 600 mil incontinentes, em diversas faixas etárias, em Portugal, numa proporção de 3 mulheres para cada homem, entre os 45 e os 65 anos. Com o envelhecimento da população, a tendência será um crescimento da prevalência, numa condição que tem custos sociais e económicos elevados. Cerca de 20% da população portuguesa tem mais de 65 anos e Portugal é um dos países mais envelhecidos da UE.

 

Especialista no tema, a TENA aponta que a idade não é a única causa de aumento da incontinência nos homens, acrescentando-se doenças como cancro da próstata, Parkinson ou Alzheimer como fatores de risco. Também a incidência da diabetes e peso em excesso podem aumentar a probabilidade de um homem sofrer de incontinência urinária. Nas mulheres, fatores como a gravidez, parto e menopausa podem ser afetados por perdas de urina e a atividade desportiva constante pode também ser uma causa de incontinência.

 

De especial relevância é o facto de 50% das pessoas institucionalizadas sofrerem de incontinência urinária. Em lares e residências para idosos, a equipa cuidadora ganha especial relevância neste contexto. É nesse contexto que, pela segunda vez em Portugal, TENA lança o concurso “Paixão de Cuidar”, uma iniciativa ibérica que se destina a reconhecer a dedicação e esforço diários de quem cuida da população sénior institucionalizada.

 

O concurso acontece em Portugal e Espanha em anos alternados, e nesta segunda edição no nosso país o foco está colocado na sustentabilidade. Sob o mote “Gestos que mudam o mundo”, a iniciativa encoraja os prestadores de cuidados a revelar os pequenos projetos ou ideias sustentáveis que implementam nos seus locais de trabalho e que têm um impacto positivo, tanto no dia-a-dia da população idosa de que cuidam como no meio ambiente. O concurso destina-se a todos os cuidadores da população sénior, que podem partilhar projetos que revelem a sua “Paixão de Cuidar” que tenham em conta esta componente da sustentabilidade.

 

As candidaturas decorrem entre 18 de abril e 19 de setembro em www.tena.pt/profissionais; uma vez finalizado este período, um júri escolherá os projetos mais sustentáveis e com maior vínculo à assistência da população sénior. Serão selecionados 20 finalistas, 10 por categoria, dos quais serão eleitos três vencedores: os dois melhores projetos atuais e o melhor futuro projeto.

 
PCD
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo