mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Mais que Cuidar

Ortopedia Universo Senior
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal

Contacte-nos
sembarreiras

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Contacte-nos

Autor Tópico: UDF – apoia e partilha esta nobre ação de um dos seus fundadores, Eduardo Jorge  (Lida 1722 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online migel

 A UDF – União do Deficiente Forum apoia e partilha esta nobre ação de um dos seus fundadores, Eduardo Jorge!
   
Greve de fome pelo direito a uma VIDA INDEPENDENTE 7 de outubro em frente à Assembleia da República



   


 
ENQUANTO ENCARARMOS AS NOSSAS INCAPACIDADES COMO TRAGÉDIAS, TERÃO PENA DE NÓS.
ENQUANTO SENTIRMOS VERGONHA DE QUEM SOMOS, AS NOSSAS VIDAS SERÃO VISTAS COMO INÚTEIS.
 ENQUANTO FICARMOS EM SILÊNCIO, SERÃO OUTRAS PESSOAS A DIZER-NOS O QUE FAZER.”
 


Siga todas as incidências  no nosso site, forum ou facebook!
 

Online migel

 

Online migel

Governo promete alterar regras de apoio financeiro às pessoas com deficiência

Publicado ontem às 22:04

O jornalista António Pinto Rodrigues falou com Eduardo Jorge, o protagonista desta ação


O governo prometeu hoje alterar as regras de apoio financeiro às pessoas com deficiência, a fim de lhes permitir uma maior independência. Foi desta forma que o Executivo reagiu à iniciativa de um tetraplégico que se preparava para realizar uma greve de fome em frente ao Parlamento.
  • O jornalista António Pinto Rodrigues falou com Eduardo Jorge, o protagonista desta ação
O Governo prometeu, esta segunda-feira, regulamentar em lei uma vida independente para os deficientes
Governo promete alterar regras de apoio financeiro às pessoas com deficiência
Global Imagens/Orlando Almeida
Agostinho Branquinho, secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, fez a promessa na sequência de um protesto por parte de um cidadão tetraplégico, esta tarde, frente ao Parlamento.
Em declarações à TSF, Eduardo Jorge, de 52 anos, explicou que começou a luta porque não quer que os deficientes tenham apenas como escolha serem «arrumados» em instituições.
Eduardo Jorge trabalha e pode escolher ficar em casa, mas a maior parte dos deficientes não tem escolha. Por isso, é por eles que luta: pelo direito a um apoio financeiro para quem não quer uma vida num lar.


fonte: TSF
« Última modificação: 08/10/2013, 09:16 por migel »
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo